DevHero – Resumo

DevHero – Resumo

Pessoal, carreira dev nunca foi a menina dos olhos e nunca foi um tema que eu tivesse interesse de abordar, mas alguns pedidos me chamam a atenção então vou fazer um mega resumo do que do DevHero 2019.

Para quem não faz ideia do que é o DevHero, o evento foi um evento de 1 semana voltado para carreira Dev. 5 dias, 5 lives e muito conteúdo.

O foco do DevHero era atacar alguns problemas de quem é jovem dando alguns direcionamentos para quem sente as seguintes dores:

  • 😕 Se sente perdido meio a uma imensidão de tecnologias e não sabe como priorizar. Em geral quem estuda um pouquinho de 10 tecnologias e no final de 1 ano não conhece bem nenhuma.
  • 😳Quem está querendo se projetar, ganhar visibilidade, quer criar uma comunidade, participar, interagir e criar uma audiência própria.
  • 😟 Quem se frustra com os projetos do trabalho e não consegue vislumbrar projetos melhores, que lhe possibilitarão aprender tecnologias A, B ou C.

Minhas propostas sempre são muito ambiciosas, ambição é algo que me move! E essa semana não foi diferente, entregar em 1 semana, 5 dias, 5 lives gratuitas que pudessem entregar conteúdos que fizessem sentido e diferença na vida de quem sente essas dores.

O evento começa com a apresentação de um case:

Hoje acompanhar a carreira do Fabricio e ver onde ele está chegando (e vocês não fazem ideia do que ainda está por vir na carreira desse moleque) e como está chegando é incrível, isso me enche de orgulho, pois sei muito bem o que foi necessário para transformar esse menino. Sobre esse moleque, eu posso dizer: Quando cheguei era tudo mato!

É muito difícil mudar um mindset, não consigo encontrar nada mais difícil de se realizar. Hard skill, você consegue embutir, mas mindset é muito, mas muito complicado e consegui, Fabricio é um case positivo. Mas suei a camisa. Tive de ficar quieto e esperar o momento certo de dizer: Ok, deu ruim, bora fazer do meu jeito agora?!

E assim entre tropeços e acertos, são quase 15 anos de amizade, coaching, mentoria. Na real eu preparei o Fabricio para estar um passo à frente, para poder debatermos, trocarmos ideias, enfim, dialogar. Como ele gastou muito menos tempo que eu, teria mais facilidade para chegar mais longe. E sua carreira já é um sucesso, e também é muito promissora.

Mas o DevHero não é sobre o Fabricio e sua história, esse tema só serve de pano de fundo para dizer:

Eu apliquei isso na minha carreira, eu transformei outras pessoas, inclusive um cara que só falava de Fusca! Sim fusca. E dessa forma afirmar, com provas: eu tenho resultados.

Mas no que consiste esse método?

É ridiculamente simples, e por isso é eficiente e eficaz.

Produz muito resultado.

Não tem jeitinho, tem um método. E não é revolucionário: Envolve hard work e estratégia, só!

Envolve o que há de mais arcaico no que diz respeito à cognição, e o que há de mais arcaico no que diz respeito à forma de lidar com grandes jornadas.

Eu vou dizer as mesmas verdades que provavelmente sua avó dizia, possivelmente sua mãe já disse.

Auto Conhecimento e Objetivo

Sim, começa com autoajuda!

Não sabe onde quer chegar, o que quer aprender? Então não aprender nada também é um caminho!

Para quem não sabe onde quer ir, qualquer destino serve!

Se conheça, olhe no espelho e diga o que quer ser ou quem quer se tornar. E tudo bem que você mude de ideia daqui a 1 ano. Tenha em mente um objetivo, palpável, consistente.

Se você não tem um objetivo, você não consegue determinar o que lhe aproxima nem o que te distancia dele.

Direção

Resultado de imagem para direction

Parte do processo é direção e rota, primeiro a direção: Trace uma linha mestra que guie teu estudo, de onde você está para onde quer estar. Lembre-se, sem autoconhecimento e um objetivo não é possível fazer isso.

Se você quer ser um WebDev, deve saber que big data, e machine learning não pode estar na tua trilha principal, nunca antes de UI, Web Servers, Networking, Web Frameworks.

Se você quer ser um MobileDev, mobile deve ser tua prioridade. Esqueça Delphi.

Rota

Resultado de imagem para wrong route map

A direção te dá um horizonte, a rota te o caminho para o objetivo. Enumere tudo que considera necessário para chegar onde quer.

Esteja pronto para os desafios e cenários onde você sequer sabe o suficiente para estudar algo.

Lembre-se que há casos em que você precisará aprender sobre algo, antes de aprender sobre o que de fato quer. Não é incomum sentir falta de fundamentos. No início faltam dezenas, mas a cada fundamento aprendido, menos faltam.

Seja rígido com a rota

As rotas te ajudam a seguir na direção certa. Claro que no caminho você encontrará elementos que estarão na tangente, atrasando sua chegada, mas isso é natural. Sempre aparece algo. A rota te ajuda a decidir de forma clara e objetiva quando algo te move na direção oposta ao objetivo. Esse é o risco.

Baby Steps

Resultado de imagem para baby steps

Eu sei que você não tem todo o tempo do mundo, mas vou te contar uma coisa:

Você não tem mais tempo que ninguém… mas também não tem menos tempo que ninguém. E se você acha que não tem tempo para estudar, talvez devesse exatamente ser esse o motivo para estudar ainda mais agora: Para que lhe sobre tempo um dia!!

Dê um passo de cada vez, aprenda, consistentemente, todo dia. Ler overview não é suficiente, aprenda, teste, valide. Não adianta nada assistir vídeos sem meter a mão. Você NUNCA poderá colocar uma tecnologia no currículo sem nunca ter usado.

Não seja superficial

Resultado de imagem para go deeply

Se você se dispôs a aprender Web, aprenda web direito, vá fundo. O custo de ir fundo é não é tão grande. Tenha consciência e planeje onde precisa se aprofundar, quanto mais básico, melhor você precisa ser naquilo. Quanto mais básico o conhecimento, mais ele lhe poupará tempo no resto da jornada. Alicerces são sólidos, inclusive no conhecimento.

Evite questões como:

– Devo aprender C# ou JAVA?

Deve aprender os 2, mas escolha 1 primeiro.

Nunca tente aprender os 2 (que são quase que similares) juntos.

Entenda o processo de aprendizado

Resultado de imagem para aprendizado 4 etapas

Sua jornada possivelmente tem mais de 5 itens. Um ou outro podem ser mais disruptivos, não ache que vai aprender tudo de uma vez!

Nunca vi aqueles loucos que só estudavam na véspera da prova apenderem algo.

Aprenda uma linguagem, de ponta-a-ponta, é o tipo de conhecimento que é ruim de separar, mas aprenda sobre a plataforma, de forma consistente, conectando os pontos. Entendendo como as coisas funcionam. Não decore, entenda o sentido das coisas, perceba como os pontos se conectam pelo sentido que elas têm, ou pelo sentido que quem fez queria dar a elas.

Lembre-se de que a dúvida é bem vinda! Pouca gente diz isso, mas se você tem alguma dúvida, é porque começou a aprender algo. E isso é importante. Não desista na dúvida.

Dê tempo ao teu cérebro, entenda como o aprendizado acontece. Os melhores cursos de línguas usam esse método, te apresentando um assunto e seus periféricos de forma a montar uma cadeia de conhecimento interligado. Essa é a melhor forma das coisas fazerem sentido. Priorize tua lista de estudo sob essa perspectiva, peça ajuda para montar essa linha.

Persistência & Consistência

Resultado de imagem para consistency

Não conseguiu entender algo? Não conseguiu hoje! Amanhã conseguirá! Amanhã não conseguiu, depois de amanhã conseguirá! Não conse… você entendeu!

Amanhã, não é semana que vem!

É a consistência que permitirá aproveitar conhecimento do dia anterior, no dia seguinte. Não dê tempo suficiente para esquecer o que aprendeu. Os pontos só se conectarão se sua memória estiver minimamente vívida sobre o assunto.

Mesmo que seja por apenas 5 minutos, faça todo dia, isso significa 7 dias por semana, 365 dias POR ano.

Engaje, ajude

Resultado de imagem para help others

Uma forma barata de aprender é aprendendo com os erros alheios. Participe de fóruns, veja os erros comuns, principalmente os que você sabe uma solução. Compare outras soluções com a tua, mentalmente, entenda como melhorar.

Ajude outras pessoas quando souber a resposta.

Resultado de imagem para presentation

Dê aulas e palestras, nada melhor para aprender do que falar sobre o tema.

Mindset

Resultado de imagem para mindset

Tá frustrado(a) com o emprego? Tá chateado(a) com a grana que recebe? Mas espera que teu empregador te dê uma oportunidade para “aparecer”? Bullshit!!!!

Você é dono(a) do próprio nariz, tem condição de aprender sozinho(a) e só você é responsável pelo teu próprio aprendizado. Não deposite no empregador a responsabilidade de te colocar em um treinamento ou curso para que você possa aprender algo. Tua responsabilidade consigo mesmo(a) é buscar ser melhor, para estar pronto(a) quando as oportunidades chegarem.

Você fará escolhas ruins, todos fazem, e está tudo bem, como diz um amigo, “só não mate o bebê” (bebê é teu sonho, teu planejamento).

É uma frase agressiva, de impacto, mas tem esse propósito mesmo. Ser gritante!

A única escolha que você categoricamente não deve tomar é a de ficar parado, esperando o tempo passar. Não nessa profissão. Ficar parado(a) lhe possibilitará experimentar a sensação de ter perdido tempo, de ser incapaz, de não conseguir, reforçará sua fraqueza. E nos momentos em que faltar skill para chegar onde quer, será tarde para aquela oportunidade. Mas por sorte oportunidades aparecem novamente, basta você sair da inercia e começar para as coisas caminharem pra frente.

É duro, mas minha proposta é objetiva: Aprenda em profundidade e abrangência. Aqui é #hardWorkPapai!

Não reclame dizendo que é muita coisa. É, todo mundo sabe, reclamar só vai atrapalhar! Em vez de reclamar, comemore cada item “resolvido/aprendido”.

Já faz alguns anos que eu lido com minha carreira como se eu fosse dono das empresa nas quais trabalhava. Faço o necessário dando sangue, suor, pois escolho as posições e projetos que me ajudarão.
Eu tenho claramente na minha cabeça quando um projeto me ajuda a aprender algo e qual o potencial de trazer resultado naquilo. Todo projeto precisa me trazer objetivamente um ganho primário (e não é salário, salário é o ganho secundário).
O ganho primário é o que eu aprendo!
Qual habilidade vou melhorar fazendo o que estou fazendo?
Qual skill técnico conseguirei agregar?
Eu carrego meu nome, faço cada projeto pensando que serei auditado por aquilo anos depois! Como se cada gambiarra pudesse se voltar, diretamente contra mim.

Funcionar e estar certo são coisas completamente diferentes

Resultado de imagem para wrong way

Isso eu vejo acontecer diversas vezes, principalmente com os iniciantes. Eles acreditam que se funciona, logo está certo. Não!!

Pode até ser que esteja certo, mas funcionar não é sinônimo de estar certo. Programar não é só cumprir a tarefa, é realizar de acordo com a estratégia técnica acordada.

Seja responsável

Não faça do teu projeto (aquele da empresa) um playground tecnológico. Playground a gente faz no github, em projetos de estudo e demonstração. No cliente a gente entrega resultado, e claro, uma coisa pode perfeitamente casar com a outra.

Conclusão

Resultado de imagem para superhero

Não é fácil, mas ninguém disse que seria. Exige muito de você, por isso no mínimo seja apaixonado(a) por desenvolvimento.

Essas dicas são para quem quer ser melhor todo dia. Não são dicas para quem não tem ambições. Nada de errado com quem não tem ambições, só não tenho dicas para essas pessoas. E nem por isso concluo que sou bom, hoje só me preocupo em ser melhor do que fui ontem.

Talvez possa parecer uma jornada de super-herói, algo impossível… Tanta gente “comum” faz tanta coisa impossível.

Então ignore as adversidades e comece hoje a assumir as rédeas do que de fato você tem controle: Suas ações! Se a empresa faz ou não o que deveria, é um problema dela. Você pode sair a qualquer momento, eu te aconselho aprender algo a mais, se não estiver “doendo muito” ficar na empresa, por enquanto. Mas o mindset é: aprenda mais, para poder ser cada vez mais escasso. Para ser cada vez mais capaz de gerar resultado.

Jornada DevHero 2019 – 1ª Edição

Jornada DevHero 2019 – 1ª Edição

Uma minoria de devs nunca se questionaram a respeito das suas conquistas, dos seus objetivos e das suas realizações. Fato é que a maioria vive esse dilema, principalmente no início da carreira. Alguns tentam usar toda a sua malandragem para queimar etapas e o mercado sorrateiramente “lhe passa uma banda” anos depois, deixando-o no chão. Você não pode dizer que não foi avisado, afinal, alguém do teu lado conseguiu e é provável que você não tenha conseguido.

(mais…)