Uma PoC de Sucesso

Esse post não tem o intuito de falar de boas práticas, de abordar padrões, técnicas mirabolantes, ou nada disso. É sobre fazer concessões para obter um resultado, levando em conta recursos disponíveis como know how, equipe e principalmente tempo. Parece familiar? Ok, mas também não é e nem passa perto de ser uma sugestão para você fazer algo que mereça ser colocado em produção. Estou aqui para falar de Provas de Conceito, PoC’s ou do inglês Proof of Concept e como consegui entregar uma porcaria extremamente funcional que encantou clientes.

Contract Package – Uma excelente alternativa ao Service Reference

Falar de WCF em meados de 2017 parece algo sem sentido, no entanto considero relevante tornar públicas soluções e alternativas que muitas vezes só apresentava dentro dos times por onde passei. São soluções, ideias, conceitos que ajudam no desenvolvimento e tornam o dia-a-dia de desenvolvimento mais fácil para quem está ciente dos conceitos ao redor da plataforma. Ignorei a possibilidade de publicar esse tipo de conteúdo para evitar exposição, já que obviamente, os preguiçosos irão reclamar, e muito! De qualquer forma asseguro, se você usa WCF e nunca viu esses conceitos, acredito que ao concluir esse post verá a tecnologia como algo menos místico, e até poderá criar alguma empatia por ela. É ambiciosa a minha proposta, eu sei!

O que eu uso?

Olá, como vai você?

As polêmicas
Do lado de cá, continuo me metendo em polêmicas e mais polêmicas nos grupos de discussões nacionais, e nesse final de semana decidi sair desses grupos. A discussão por aqui não é muito produtiva, leva-se tempo para que as pessoas foquem no foco de uma discussão enquanto, outros fazem agressões descabidas, ou mesmo falem muita besteira. Chato isso, mas de fato, há muita gente achando que sabe, o que não sabe!

Oragon Architecture – Application Hosting – Suporte para Nijnect e SimpleInjector e qualquer outro container

Bom, tenho escrito o bastante para nem precisar perguntar como você está! Né?!

Já estamos íntimos e agora vou contar uma novidade! Implementei o suporte a dois containers bem conceituados no mercado e simplifiquei o modelo para que você possa implementar facilmente uma nova extensão para qualquer IoC container que tenha o interesse de trabalhar.

Só para mostrar como é simples, está aqui todo o código para estender o Oragon Architecture Application Hosting para o Ninject.

Se não se convenceu ainda, aqui está o código para criar uma integração nova com o SimpleInjector

Simples né?!

A escolha dos dois frameworks se deu pelas suas características enquanto o SimpleInjector é o mais rápido em diversos benchmarks, o Ninject é de cara o mais procurado.

Oragon Architecture – Application Hosting – Criando uma nova aplicação baseada em Spring.Net

Olá, como vai você?

Por aqui tudo bem! No post anterior fiz um overview do Oragon Architecture Application Hosting, falando no que foi feito, agora vou demonstrar como hospedar aplicações baseadas em Spring.Net.

Oragon Architecture – Application Hosting

Olá, como foi sua páscoa?

Espero que tenha sido muito boa, com muitos doces e família. Já por aqui essa páscoa teve muito doce e muito trabalho. Consegui implementar algumas mudanças no Oragon Architecture, espero que goste! Nesse post vou falar um pouco sobre o novo host de aplicações, o subsistema Application Hosting. Muita coisa mudou nessa versão, e agora não exigimos mais que use Spring.Net, embora tenha suporte prioritário.

Roadmap da Reestruturação do Oragon Architecture

Olá, como vai você?

Espero que esteja tudo bem! Nesse post vou falar das mudanças previstas para o Oragon Architecture nas próximas semanas. No post Oragon Architecture – A evolução e os novos desafios eu falo da evolução ao longo dos anos e do que pretendemos fazer focando no big picture do projeto. Agora é hora de especificar os detalhes que envolvem a construção do projeto. Enfim, transformar uma ideia em resultado, para isso é necessário planejar. Abaixo vamos abordar a estratégia de migração do Oragon Architecture. Espero que goste!

Integrações, XML`s e NoSQL

Olá, tudo bom? Nesse post gostaria de abordar uma solução que usei no iMusica e que pode também te ajudar com integrações baseadas em XML ou qualquer formato unquerable(neologismo). Antes de falar da solução, vou falar do problema. Nossas integrações no iMusica geralmente se dão por meio de troca de arquivos, contendo pacotes com mídia…

Oragon Architecture – Por que? Pra que?

Olá, tudo bom? Vou falar um pouco do meu projeto pessoal o Oragon Architecture. Se você me acompanha, sabe que falo bastante dele, e vou aproveitar para responder algumas perguntas que já me fizeram nos últimos dias.   Já fui questionado algumas vezes porque criar um framework de aplicação, uma arquitetura relativamente gorda, baseada em…

Roadmap de Arquitetura – Um exemplo real

As vezes sou questionado sobre meus desenhos de arquitetura e porque criar tantas abstrações, tanta configuração e tantas dependências e frameworks de terceiros, alguns que só eu e um tibetano conhecemos. No post Como definir Arquitetura de Software, cito quais são os pensamentos primários necessários para se desenhar um arquitetura, mas vamos aplicar isso a um…

Legado Versus Design – Database First e Code First

Bom, quem acompanha o Oragon Architecture ao longo dos anos, mesmo que de forma despretensiosa, em algum momento me questiona sobre algumas decisões tomadas. Vou tentar ser breve para relatar alguns dos problemas e soluções que motivaram minhas decisões. Nesse tópico, vou falar de gestão de base de dados, Code First e Database First. Esse…

Oragon Architecture – A evolução e os novos desafios

Para quem trabalhou comigo no BTG Pactual viu no Oragon Architecture o início do Oragon Architecture Services, que consistia em uma camada de abstração para a criação de serviços baseados em WCF, ainda configurado side-by-side com a configuração de WCF do .Net Framrwork. Para atender às demandas da B2W Viagens, não tivemos muita evolução, mas…

Future Plans for C# – Null Propagation

No artigo Future Plans for C# de InfoQ Internacional, temos um ponto que acho bem interessante de ser ressaltado: Null Propagation Esse assunto já foi tema de muita discussão no DotNetArchitects em um post sobre Null Object Pattern. When working with messy data, developers often have to write a series of null checks before reading a…

Microsoft® “Roslyn” e um futuro muito interessante

Para quem ainda não conhece, Microsoft “Roslyn” demonstra a próxima geração de modelos de objeto de linguagem, para geração de código, análise e refactoring, e terá suporte para scripting e interatividade com C# e VB.NET. A proposta inicial é bem interessante, segue o disclaimer em inglês: Traditionally, compilers are black boxes – source code goes in…

Como definir a Arquitetura de um Software

Nessa semana que passou, rolou uma thread muito legal no DotNetAchitects e nessa thread fiz meus comentários a respeito. Bom, achei interessante conseguir transcrever meus pensamentos sobre o assunto e acho que talvez possa ajudar aqueles que estão se questionando sobre como definir a arquitetura de um software ou solução. Para que? Legal quando precisamos pensar…